O viajante

trouxa

Podemos nos lembrar que provavelmente, na Idade Média, as pessoas que queriam viajar e não eram ricos levavam uma trouxa nas costas, o que permite associar o personagem de O Louco ao simbolismo do Viajante, do I Ching (hexagrama 56): “O viajante não tem morada fixa, seu lar é a estrada. Por isso ele deve procurar manter-se íntegro e firme”.

Alguns tarólogos dizem que o Louco carrega, ou pode carregar, os mesmos apetrechos do mágico, mas lembram que não tem a mesma habilidade de uso.

Quando penso no Louco, e isto se aplica ao uso de seus elementos, gosto de me lembrar do genial Peter Sellers, que pode ir desde o nível mais atrapalhado até o da mais perfeita naturalidade e desprendimento, no “muito além do jardim”, lembrando um pouco os sábios taoistas.

Nota: Este texto foi publicado originalmente no site Clube do Tarô, atendendo a um convite do Constantino – organizador e responsável pelo site do Clube – para uma demanda de um leitor, o Leonardo: “Por favor, tenho uma dúvida cruel. Gostaria de ajuda. Qual o significado da trouxa nas costas do Louco, do Arcano 22? Por favor, o que quer dizer aquela trouxa?”

Clique aqui para ler os textos dos outros 7 profissionais que responderam a questão do Leonardo.

Esta entrada foi publicada em Linguagens Simbólicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.